VEJA 5 ESTRATÉGIAS ESSENCIAIS PARA COLOCAR O CONTROLE DE CUSTOS EM PRÁTICA

Publicado em: 2 de fevereiro de 2024

O controle de custos é uma das principais dores da gestão nas empresas e é uma estratégia recorrente utilizada quando as condições do mercado são desafiadoras.

No entanto, é importante lembrar da importância do controle de custos nas empresas, e do seu impacto na lucratividade, mesmo quando a situação econômica estiver melhor. Afinal, controlar os custos de maneira rigorosa fortalece as empresas e proporciona flexibilidade adicional para investir em oportunidades de crescimento.

Ainda assim, identificar métodos eficientes de controle de custos pode ser um processo desafiador e demorado, mesmo para profissionais do setor financeiro.

Veja dicas para ajudar a colocar o controle de custos em prática.

1. Envolva todos os colaboradores

Um controle de custos eficiente é uma medida que precisa fazer parte da iniciativa de todos os colaboradores da empresa. Desafie os colaboradores a identificar maneiras eficientes para a empresa economizar tempo ou dinheiro.

Com um pouco de reflexão, é possível identificar processos que podem ser melhorados, ineficiências, redundâncias e atividades que trazem baixo retorno em relação ao investimento.

Também é uma boa ideia consultar seus parceiros externos, incluindo fornecedores e profissionais da área de vendas, para obter ideias sobre como sua empresa pode reduzir despesas. Outro meio de reduzir custos e tornar a operação mais eficiente é avaliar a redução de despesas e a revisão de contratos existentes.

Considere mudanças nos termos de pagamento e pedidos. E, por fim, recompense os colaboradores que contribuíram e tiveram suas ideias implementadas.

2. Seja mais sustentável

Avalie formas de economizar custos de energia. Suas luzes de escritório e equipamentos são todos eficientes em termos de energia? E quanto ao seu sistema de aquecimento e ar-condicionado? Examine também opções como películas para janelas e painéis solares que podem ajudar a reduzir despesas.

3. Reduza seu espaço de escritório

Avalie se sua empresa está utilizando totalmente o espaço físico de escritório. Talvez existam escritórios vazios em seu prédio que possam ser alugados.

Se você tem colaboradores que trabalham remotamente com frequência, o espaço pode ser reduzido e isso gera diminuição de custos e, por consequência, possui impacto positivo na lucratividade da empresa.

Outra maneira de utilizar o espaço de maneira inteligente é configurar estações de trabalho compartilhadas.

4. Trabalhe com profissionais por projetos

Outro ponto que tem impacto positivo sobre a lucratividade da empresa é contratar consultores por projetos. Essa modalidade de trabalho permite com que as empresas ajustem a gestão das equipes conforme as oportunidades de negócios que surgem.

Ao trabalhar com profissionais contratados para projetos específicos, é possível acessar rapidamente a experiência e habilidades especializadas dos consultores conforme necessário e controlar os custos da maneira mais efetiva e assertiva possível.

5. Desafie o financeiro

Todo o pessoal financeiro, não apenas os contadores de custos, devem estar atualizados sobre o controle de custos. Se for necessário, forneça treinamento adicional.

Trabalhe com sua equipe financeira para analisar quais são os fatores que impactam o controle de custos e a lucratividade da empresa. Uma análise profunda sobre o negócio permite identificar quais são os pontos-chave que necessitam de ajustes.

Mesmo em tempos econômicos favoráveis, o controle de custos é importante porque ele melhora a capacidade de sua empresa operar da maneira mais efetiva possível. É melhor realizar o controle de custos do que ter que cortar os custos em um momento de aperto. Ao ser proativo e focar continuamente em métodos de controle de custos, você será menos propenso a reagir abruptamente às mudanças do mercado.

Com informações Robert Half