PIX PARCELADO: COMO FUNCIONA E QUAIS BANCOS JÁ ADERIRAM?

Publicado em: 6 de março de 2023

Uma das novidades mais aguardadas pelos usuários do Pix, sistema de transferências gratuitas do Banco Central (BC), é a possibilidade de parcelamento das compras, funcionalidade que deve desbancar ainda mais o uso do cartão de crédito.

O Pix Parcelado permite a compra de produtos e serviços em parcelas, que são debitadas posteriormente na conta do cliente para pagamento, mas o total é recebido automaticamente na conta de quem está vendendo o serviço/produto.

Assim, o pagamento é facilitado para quem compra e pago instantaneamente na íntegra para quem recebe, muito parecido com a operação do cartão de crédito.

Da mesma forma que uma operação de crédito pessoal, é possível escolher a data do vencimento e a quantidade de parcelas desejadas.

Diferente da modalidade principal do Pix, que faz transferências, o Pix Parcelado pode ter algumas exigências para uso dependendo do banco e inclusive ter custos, como a cobrança de juros caso o acerto não seja feito dentro do prazo estipulado. Nesse caso, as taxas também variam conforme a instituição financeira.

Quais bancos já oferecem o Pix Parcelado?
Atualmente os clientes podem encontrar o Pix Parcelado nos bancos Bradesco, Itaú, Santander, Mercado Pago, Digio (banco digital do Bradesco), PicPay e Nubank.

Vale lembrar, antes de sair usando e contratando, que cada banco possui regras específicas para a realização do Pix Parcelado, podendo ser mais vantajoso em uma ou outra instituição.

No Santander, por exemplo, o cliente poderá fazer o parcelamento do pagamento entre duas e 24 vezes, e tem o valor mínimo para contratação de R$ 100.

Já no Mercado Pago, a operação é feita através de QR Code e utiliza o crédito que está disponível na conta do cliente. O valor mínimo para a contratação é de R$ 15.

No Bradesco, os juros começam em 2,36% ao mês e o parcelamento pode ser de até 60 vezes, conforme o perfil do cliente e característica da operação. O ticket médio do recurso no banco é de R$ 200.

Até o momento, o Itaú é o banco que oferece maior prazo para parcelamento para aqueles que já são clientes do banco, com oferta do Pix Parcelado em até 72 vezes, a partir de transferências no valor de R$80.  Nesse caso é necessário ter o perfil pré-aprovado.

Por enquanto, a Caixa Econômica e o Banco do Brasil ainda avaliam ofertar o Pix Parcelado.

Ainda no Itaú, as taxas ofertadas dependem do número de parcelas e tem valores competitivos com o mercado. A funcionalidade estará disponível para todos os clientes pessoa física até o final de abril.
Fonte: Contábeis