ESTRATÉGIAS PARA LIDAR COM O EXCESSO DE E-MAILS

Publicado em: 31 de agosto de 2023

No cenário atual, onde a comunicação digital é uma parte essencial da vida cotidiana, a sobrecarga de e-mails e mensagens é uma realidade com a qual muitos profissionais se deparam.

Gerenciar a caixa de entrada de e-mails repleta de mensagens e informações pode ser uma tarefa desafiadora, mas existem estratégias eficazes para dominar essa situação e recuperar o controle sobre o tempo e a produtividade.

Priorização

De acordo com o especialista em gestão e liderança, Gilberto Guimarães, a chave para lidar com o excesso de e-mails e mensagens está na definição de prioridades.

Assim como na gestão do tempo, é fundamental distinguir o que é importante e urgente. Estabeleça um sistema de classificação que divide as mensagens em categorias:

Importantes e urgentes: identifique mensagens que exigem ação imediata e estão diretamente relacionadas a metas ou prazos cruciais;

Importantes, mas não urgentes: reservar tempo específico para lidar com e-mails e mensagens que têm relevância estratégica, mas não requerem resposta imediata;

Urgentes, mas não importantes: mensagens que podem ser resolvidas rapidamente, mas que não têm um impacto significativo em objetivos maiores;

Não urgentes, não importantes: mensagens triviais que podem ser descartadas, delegadas ou respondidas com menor prioridade.

Aplicação do Princípio de Pareto

De acordo com Guimarães, uma dica é seguir o “Princípio de Pareto”. Para isso, é necessário reconhecer que cerca de 80% dos resultados vêm de 20% dos esforços.

Aplique essa regra à triagem de mensagens, focando naquelas que geram maior impacto. Isso permite liberar espaço e tempo para atividades mais valiosas e estratégicas.

Gerenciamento de reuniões e interrupções

Além das mensagens, reuniões e interrupções também consomem uma parte significativa do dia de trabalho.

Da mesma forma, é importante aplicar critérios de importância, urgência e produtividade à participação em reuniões.

“Evite envolvimento em reuniões desnecessárias e direcione seu tempo para aquelas que contribuam para os objetivos”, aconselha Guimarães.

Defesa da produtividade pessoal

Segundo o especialista, o maior desafio em lidar com a sobrecarga digital é aprender a dizer não. Para isso, é fundamental desenvolver autoestima e autoconfiança.

“Supere o medo de rejeição e a busca por aprovação constante. Priorize seu tempo e atenção em atividades que impulsionam seus objetivos e missão pessoal”, conclui.

Com informações adaptadas do Valor Econômico

Por: Danielle Nader

Fonte: Jornal Contábeis