BALANÇO PATRIMONIAL (BP) OU DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO (DRE)?

Publicado em: 29 de março de 2023

Empresas de médio e de grande porte, quando há exigência legal para isso, são obrigadas a publicar suas demonstrações contábeis com base em um determinado exercício social.

Algumas delas, dependendo de sua atividade e do seu porte, são obrigadas a publicar esses relatórios com intervalos inferiores a um ano para que acionistas e outros públicos interessados tomem conhecimento do desempenho da empresa.

A publicação desses relatórios, incluindo as notas explicativas, que precisam ser bastante esclarecedoras em relação a itens mais relevantes, deve preceder de uma auditoria externa rigorosa. É importante a abertura e a indicação da participação vertical dos saldos, quando isso envolver valores mais expressivos.

Esses procedimentos tornam a análise desses relatórios importante fonte de verificação do desempenho anual e, ao mesmo tempo, demonstra a tendência de uma empresa ao longo de sua existência.

Embora seja uma posição estática as demonstrações contábeis são importantes e necessárias, mesmo diante da inevitável inconsistência de alguns valores (provisões trabalhistas, por exemplo) e de sua inevitável alteração logo no início do período seguinte ao que elas se referem.

Convém ressaltar ainda que a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) não é suficiente para avaliar o desempenho econômico e financeiro de uma empresa. Até porque esse resultado pode ser lucro ou então prejuízo e isso só reflete os exercícios comparados, que na maioria das vezes são dois anos.

O Balanço Patrimonial (BP) apresenta os números acumulados em vários períodos, a partir da constituição da empresa. Embora esses números sejam mutáveis, eles devem repercutir lucros ou então prejuízos de vários exercícios sociais, cuja evolução pode ser verificada nas Mutações do Patrimônio Líquido (MPL),

Assim, a peça mais adequada para analisar o desempenho econômico e financeiro de uma empresa é o Balanço Patrimonial (BP). A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) não indica, necessariamente, a posição econômica e financeira de uma empresa e sim seu desempenho em termos de lucro ou então prejuízo nos exercícios analisados. Isso não é o bastante para que uma empresa esteja em boa situação econômica e financeira.
Fonte: Contábeis